[TAG] Manias Literárias

Categorias: ❤ 27.6.19 ❤ Nenhum comentário:



Manias Literárias


1) Quando você lê? (manhã, tarde, noite, o dia inteiro ou quando tem tempo)
Normalmente a noite, antes de dormir.
Mas quando rola uma espera ou qualquer tempo sobrando mergulho na leitura.

2) Você lê apenas um livro de cada vez?
Não. Mas leio no máximo 2, por que acho que me confunde.

3) Qual seu lugar favorito para ler?
Na minha cama. Mas tenho que deixar registrado o quanto gosto de ler deitada numa rede.

4) O que você faz primeiro: lê o livro ou assiste ao filme?
Com certeza leio o livro!!!
Os filmes são geralmente adaptações e deixam muito conteúdo de fora ou modificam (cagam) a história. Muitas vezes não vale a pena assistir o filme.

5) Qual formato de livro você prefere? (áudio-livro, e-book ou livro físico)
Físico. Amo colecionar livros, tenho prateleira espalhada pela casa toda.
O e-book tem salvado minhas leituras, então crédito para ele, porque com criança pequena ler no celular é muito mais fácil.

6) Você tem algum hábito exclusivo ao ler?
Estou começando um hábito de marcar páginas com post it.
Mas ainda me dói no coração fazer qualquer intervenção nos livro

7) As capas de uma série tem que combinar ou não importa?
Lógico que sim!!!
No mínimo tem que combinar e além de combinar, tem que ter algo de especial, como formar uma imagem, ter letras metalizadas, etc.

A Culpa é das Estrelas - John Green

Categorias: ❤ 24.6.19 ❤ Nenhum comentário:
Nome: A Culpa é das Estrelas
Autor: John Green
Número de Páginas: 288
Editora: Intrinseca
Lançamento: 2012







Sinopse: Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante - o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos -, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

A personagem principal é Hazel Grace, uma jovem de 16 anos e que está viva graças a uma droga experimental que impede que o câncer no pulmão se espalhe pelo seu corpo. Sua rotina é meticulosamente planejada pela sua dedicada mãe e está dividida entre assistir America´s Next Top Model e frequentar um grupo de autoajuda, que ela só comparece para agradar aos pais.

Em uma das enfadonhas reuniões, um menino (alto, lindo garoto com sorriso cafajeste) chamado Augustus Waters, comparece e divide sua experiência na luta contra o câncer nos ossos.

Inacreditavelmente ele se interessa por ela e para o susto de Hazel a procura no final do encontro.

Eu me encontrava em uma ressaca literária das brabas e encontrei este título em um ranking de melhores livros do New York Times. E eu me apaixonei!!!! 

Com uma escrita deliciosa, John Green nos mostra, em cada página, a beleza de viver.

Corte de Espinhos e Rosas - #1 - Sarah J. Maas

Categorias: ❤ 7.6.19 ❤ Nenhum comentário:
Nome: Corte de Espinhos e Rosas
Autora: Sarah J. Maas
Número de Páginas: 434 páginas
Editora: Galera
Lançamento: 2015


Sinopse: Ela roubou uma vida. Agora deve pagar com o coração. O primeiro volume da série best-seller, da mesma autora da saga Trono de vidro. Neste primeiro livro da série, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance. Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação. Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira ― que ela só conhecia através de lendas ―, a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la... ou Tamlin e seu povo estarão condenados.

Meu gênero favorito é fantasia, mas quando envolve mulheres fortes, guerreiras e elas são a personagem principal, ai é de arrebatar o coraçãozinho aqui!!! 

Nossa personagem principal é Feyre, que possui uma vida muito dura e pobre após a inadimplência de seu pai. Numa terra gelada e sem fartura, ela é a responsável por caçar e manter ele e suas duas irmãs, que vivem com a "cabeça na lua", alimentados e seguros.

A responsabilidade e a dureza da sua rotina moldam a personalidade de Feyre: extremamente prática, fria, irônica e sem esperança de dias melhores, mas com um grande dom pela pintura.

Após uma sangrenta guerra, seu mundo foi dividido em dois, de um lado da muralha os humanos e do outro os Feéricos: grandes monstros, assassinos cruéis e impiedosos que tem o poder de se transformar em animais para atacar os humanos.

Tudo muda durante uma caçada, ela mata um lobo enorme de olhos amarelos e a felicidade de garantir o alimento para vários dias é destruída com a descoberta de que o lobo era um Feérico. 

Para vingar seu amigo, o Feérico Tamlin a sequestra para o outro lado da muralha, quando Feyre acredita que sua vida terminou e que será morta pelo monstro, descobre um mundo totalmente novo e... BELO!!!

Trilogia Corte de Espinhos e Rosas - Sarah J. Mass

Categorias: ❤ 4.6.19 ❤ Nenhum comentário:


Eu estou amando esse negócio de protagonista mulher fodona!!!!

Corte de Espinhos e Rosas é uma série de fantasia, onde a protagonista é esse tipo de mulher: que sustenta a casa, caça, cozinha e ainda arranja tempo para um romance delicioso.

O mundo onde Feyre vive é divido em terras humanas e terras féericas. Esta divisão foi fruto de uma guerra sangrenta entre os dois povos, que resultou na construção de uma muralha separando o mundo em dois.

Mas ela não contava que um dia teria que partir com um feérico e descobriria os mundos e as realidades que existem do outro lado da muralha, e além de sua compreensão.



"estou pensando que era uma pessoa solitária e sem esperanças, e talvez tivesse me apaixonado pela primeira coisa que me mostrou um pingo de bondade e segurança. 
E estou pensando que talvez ele soubesse disso... 
Talvez não conscientemente, mas talvez ele quisesse ser aquela pessoa para alguém. 
E talvez isso desse certo para quem eu era antes. 
Talvez não dê certo para quem... O que sou agora."

Paginação numerada



Subir