Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban - #3 - J. K. Rowlling

Categorias: ❤ 3.4.19 ❤
Nome: Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban
Autora: J. K. Rowling
Número de Páginas: 318
Editora: Rocco



Sinopse: Harry Potter é um menino bastante fora do comum. Está ansioso pelo término das férias de verão, se empenha em realizar todos os deveres de casa, e, além de tudo, ele é um bruxo. Ao regressar para a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, a atmosfera é tensa. Sirius Black, por muitos considerado um servo de Lord Voldemort, esteve preso durante doze longos anos na temí­vel fortaleza de Azkaban, condenado pela morte de treze pessoas com um único feitiço, e agora está foragido. Uma pista indica o lugar para onde ele se dirigiu – os guardas de Azkaban o ouviram murmurar enquanto dormia: “Ele está em Hogwarts… ele está em Hogwarts.” Harry Potter não está seguro nem mesmo entre as paredes de sua escola de magia, rodeado de amigos. Porque, ainda por cima, pode haver um traidor no meio deles.


Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban é o terceiro livro da série do menino bruxo e o último onde Harry consegue ter uma vida mais ou menos tranquila. Ele já não se importa com o desprezo de seus tios e primo Duda, mantém contato com os amigos durante as férias e mesmo com um fugitivo de Azkaban o procurando, ainda frequenta as aulas e se sai bem nos exames N.O.R.M.S.

- Você acha que os mortos que amamos realmente nos deixam?
Você acha que não nos lembramos deles em momentos de grandes dificuldades?
O seu pai vive em você, Harry, e se revela mais claramente quando precisa dele. [...]



Como todos os livros da saga, a história se inicia no aniversário de Harry, mesmo seus tios não lembrando da data festiva, seus amigos lhe enviam presentes e guloseimas. As férias corriam bem até a visita da tal Tia Petúnia, que o aborrece tanto, que Harry a transforma em um balão.

Cansado das acusações e no limite de sua paciência por conta da tia, Harry pega seu malão e sai da casa dos seus tios. Andando sozinho pelas ruas escuras e frias de Londres, sente que está sendo seguido por um animal muito grande, mas pensando bem, poderia ser somente um cachorro de rua grande, Harry acha que está impressionado com o caso do bruxo que está foragido.


Retornando a Hogwarts é visível o rígido sistema de segurança da escola, contando com dementadores fazendo ronda nos entornos do terreno e alunos escoltados por professores.

Em uma das escapulidas, Harry escuta a notícia que mudará sua vida para sempre: Sirius não só fugiu de Azkaban como está atrás dele, por que é seu padrinho e foi ele quem entregou a localização dos seus pais a Valdemort.


Este livro tem esta pegada: revelações bombásticas e aventuras de deixar nosso coração na mão.

Ele descobre que possui uma família, seu padrinho Sirius, que foi  e continua sendo amado por ele. Descobre, também, mais sobre seus pais, sobre suas personalidades, que eles foram alunos inteligentes e muito querido por todos, que seu pai tinha amigos fiéis, que eles eram animagos e que eles aprontavam todas!!!



Para mim este é o livro divisor de águas, até aqui Harry estava descobrindo quem ele é, experimentando a vida como bruxo, sinto que é como se ele fosse um visitante neste mundo, mas neste terceiro livro ele toma posse da sua identidade como bruxo. 


Como todos os livros da série HP, a leitura é fluida, rápida e muito prazerosa. Nos momentos de tensão ou durante os jogos de quadribol chegamos a prender a respiração e nosso coração bate mais rápido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Paginação numerada



Subir